Wiki Ace Combat
Advertisement

Port Edwards é uma cidade-porto no nordeste do Continente de Usea. Antes, seu principal ponto de interesse era unicamente uma base aérea operada pela Neucom Emergency Unit - Unidade de Emergência da Neucom. Pelos idos de 2040, Port Edwards se tornou uma das maiores cidades do continente.


Conteúdos[]

  • 1 História
    • 1.1 Usean coup d'état
    • 1.2 Lighthouse War
    • 1.3 Guerra Inter-Corporativa
  • 2 Gallery
    • 2.1 Ace Combat 3: Electrosphere
    • 2.2 Ace Combat 2
  • 3 References

História[]

Golpe de Estado Useano (Usean Coup D'ètat)[]

Perto do fim do Golpe de Estado Useano, o Unified Command - Comando Unificado - lançou a Operation Jewel Box. A Operação Jewel Box objetivou tomar de volta Port Edwards da Usean Rebel Forces - Forças Rebeldes Useanas - que tinham ocupado quatro áreas metropolitanas. Com o Esquadrão Scarface com os rebeldes, o rebeldes lançaram multiplos Gripen Cs. Por último, a Usean Allied Forces - Forças Aliadas Useanas - recapturaram Port Edwards.

Guerra do Farol (Lighthouse War)[]

Em 6 de junho de 2019, durante a Guerra do Farol (Lighthouse War), as Forças de Defesa Osean lançaram a Operação Dice e engajaram as forças Erusean em Port Edwards. Em última análise, as forças de Osean sustentaram uma taxa de atrito de 47%.

On June 6, 2019, during the Lighthouse War, the Osean Defense Forces launched Operation Dice and engaged Erusean forces at Port Edwards. Ultimately, Osean forces sustained an attrition rate of 47%.

Guerra Inter-Corporativa (Intercorporate War)[]

Devido à sua população e tamanho geral, Port Edwards é visto como uma área neutra pela Neucom Inc e General Resources LTD, contendo as duas principais sedes da empresa. Como sua geografia o situa no meio de Usea, esse foi provavelmente o motivo de sua colocação nesse artigo.

Durante a simulação projetada da guerra corporativa entre a General Resources e a Neucom, não houve grandes batalhas em Port Edwards antes do conflito e no início da guerra. No entanto, em 2045, Port Edwards foi atacado pela General Resource Defense Force (GRDF). Depois de lançar a Operação Hit and Run e destruir uma enorme Força Naval e Aérea Neucom em Megafloat, o GRDF procurou atacar a sede da Neucom localizada em Port Edwards. Eles lançaram um ataque, visando todas as instalações da Neucom e as forças da NEU estacionadas lá. A UPEO demorou a reagir a este ataque. Quando os combatentes da UPEO chegaram à área, a batalha já estava em andamento há algum tempo. Port Edwards sofreu danos colaterais de ataques diretos às forças e edifícios Neucom, e de aeronaves caindo em batalha. A UPEO conseguiu derrotar o ataque GRDF e eles se retiraram.

Embora Neucom e GR não lutassem novamente por Port Edwards diretamente, a cidade seria atacada por uma nova força; Ouroboros. O grupo terrorista lançou um ataque a Port Edwards com grande força, mas a UPEO conseguiu repelir o ataque da Ouroboros.

Em uma possível conclusão da Guerra Inter-corporativa, após a destruição do Megafloat; um grupo de Geopelias XR-900 não tripulados foi lançado pela Neucom Inc. A UPEO/GRDF iniciaram o Nemo em resposta a isso. Nemo conseguiu se infiltrar nos sistemas de uma das Geopelias e, em conjunto com a aeronave original de Nemo, usou ambas para destruir as outras unidades XR-900. Isso encerrou uma simulação de projeto de conflito futuro.

Advertisement