Wiki Ace Combat

Assim como a Acepedia internacional está na wiki.gg, nós também estamos lá. Acesse a nossa Acepédia brasileira de lá pelo link: https://acecombat.wiki.gg/pt-br

E agora temos um canal no Rumble e no Youtube Acesse: Rumble: https://rumble.com/user/AcepediaBR Youtube: https://www.youtube.com/@AcepediaBrasil

LEIA MAIS

Wiki Ace Combat
Advertisement
Wiki Ace Combat

"Eu me pergunto qual caminho você escolheria... ao olhar para o espelho de Harling." ― Cossete para Schroeder

Rosa Cossette D'Elise, geralmente chamada de Cossette ou Princesa Cossette, é um membro da família real do Reino da Erusea. Ela é filha do homem que se tornou rei de Erusea por cerca de sete anos antes da Lighthouse War. Ela aparece como personagem coadjuvante em Ace Combat 7: Skies Unknown.

As facções militaristas e radicais dentro das forças armadas da Erusea convenceram Cossette de que o Elevador Espacial Internacional era uma violação da soberania da Erusea. Eles ainda a convenceram de que Federação da Osea pretendia governar o continente useano e que o próprio Vincent Harling queria destruir o elevador espacial. Depois de descobrir que foi enganada, Cossette se juntou a Avril Mead para sabotar o elevador espacial e acabar com a guerra.[4]

Biografia[]

Vida pregressa[]

Cossette nasceu em uma família de plebeus por volta de 2001, quando Erusea era oficialmente uma república federal. As Forças Aliadas do Estado Independente declararam vitória na Guerra Continental em 2005, e o governo provisório da Erusea restabeleceu a monarquia três anos depois. O primo do pai de Cossette de repente se tornou o rei do novo Reino da Erusea, elevando ela e sua família ao status de realeza. O pai de Cossette costurou ternos para ele e seu irmão quando este se tornou rei depois que o primeiro adoeceu e faleceu.

Rosa Cossette com duas colegas de classe

Rosa Cossette com duas colegas de classe

O público em geral menosprezou a família real por algum tempo, já que eles eram meros plebeus. Os pais da jovem Cossette continuaram a mandá-la para a escola primária sob o pseudônimo de Rosa Cossette Falcinelli. Ela fez muitos amigos e quase formou um coral na escola para usar sua habilidade de cantar para fazer harmonias.

Por volta de 2011, o rei e sua família morreram em um acidente de carro, e o pai de Cossette assumiu o trono, tornando-a a nova princesa. Ela foi temporariamente retirada da escola, embora continuasse a acompanhar as realizações de seus colegas. Rosa voltou para a escola algum tempo depois, onde conheceu e fez amizade com Ionela A. Shilage.

Lighthouse War[]

Com a eclosão da Lighthouse War, Cossette ficou conhecida por sua defesa da guerra ofensiva de seu país, alegando que o Elevador Espacial Internacional era uma violação da soberania nacional da Erusea, além de denunciar publicamente as ações oseanas durante o conflito, alegando que o país ataca indiscriminadamente e ferindo muitos civis.

Em algum momento durante a guerra, a princesa visitou um aeródromo da Erusean Air and Space Administration, onde o Esquadrão Sol estava instalado. Lá, ela se reuniu com sua antiga colega de escola Ionella, sua irmã Alma e também seu avô, Mihaly A. Shilage.

Eventualmente, com a queda de Farbanti para as forças de Oseanas e o colapso do governo do Reino, ela seria levada para longe do continente useano. No entanto, seu transporte foi abatido durante a guerra civil que se seguiu, e ela se viu presa na Ilha Tyler no meio de uma furiosa batalha entre as forças de Osea e as facções de Eruseanas. Três dias depois de uma tentativa de assassinato abortada que a deixou como a única sobrevivente, ela foi descoberta pelas forças de Osea, incluindo o Esquadrão Spare. Avril Mead, uma mecânica do Esquadrão Spare, identificou-a como a princesa, mas os oseanos a acolheram.

Durante a caótica derrota de Osea, as forças de Oseanas receberam um grupo de refugiados civis, mas se viram cercados por forças radicais Eruseanas. Com grande risco pessoal, a princesa pegou um sinalizador e marcou suas posições, permitindo que os aviões do Long Range Strategic Strike Group (Grupo de Ataque Estratégico de Longo Alcance) destruíssem o exército eruseano e evitassem um massacre. De lá, o grupo viajou para o Elevador Espacial Internacional por meio de navios comandados, chegando ao sopé do Elevador Espacial na cidade de Gunther no dia seguinte.

Ao descobrir que os radicais eruseanos esperavam continuar a guerra usando os recursos do Elevador, Cossette se juntou aos esforços da coalizão IUN - Eruseanos para sabotar as fábricas UCAV do Elevador Espacial. Apesar de inúmeras tentativas, ela ajudou a sabotar o Arsenal Bird Justice desativando as transmissões de energia do elevador para seu APS, permitindo que as forças da IUN o derrubassem e derrotassem os radicais eruseanos que seguravam o elevador.

Cossette pulando do Elevador Espacial Internacional

Cossette pulando do Elevador Espacial Internacional

Em vez de esperar que alguém a levasse de volta para baixo, Cossette decidiu retornar à superfície por BASE jumping de uma plataforma perto do topo do quebra-vento do elevador. Durante esse tempo, dois UCAVs avançados atacaram. A Cossette, de paraquedas, foi pega na explosão de um míssil apontado para um dos caças oseanos, mas sobreviveu apesar de perder seu capacete.

No dia seguinte, os membros sobreviventes das forças da coalizão fizeram um esforço desesperado para abater os drones avançados antes que pudessem transmitir os dados coletados por Mihaly por meio do Elevador Espacial para melhorar os drones produzidos em Usea. Cossette avistou o último UCAV sobrevivente descartando sua asa RAW-F danificada e transmitiu sua descoberta por meio de canais de rádio abertos aos pilotos da coalizão. Isso provou ser crucial para Trigger and Count derrubá-lo e impedir o upload dos dados.

Após o fim da guerra, ela formou um governo provisório baseado no elevador para ajudar os refugiados useanos que fugiam dos combates contínuos. Continuando o legado espiritual de Harling, a princesa colocou seu plano de desenvolvimento espacial internacional em ação com a cooperação dos refugiados e sobreviventes da EASA.

Curiosidades[]

  • O nome da princesa Cossette tem origem francesa. Em particular, seu nome do meio, "Cossette", é uma grafia alternativa de "Cosette", mais conhecido como o nome da heroína em Os Miseráveis. Seu sobrenome pseudônimo, "Falcinelli", também é um sobrenome italiano. Seu sobrenome verdadeiro, "D'Elise", soa semelhante à flor-de-lis. Ela é a segunda personagem Eruseana a ter um nome francês em homenagem a Jean-Louis Flaubert, o líder do Esquadrão de Defesa do Megalith.

Notas de rodapé[]

  • Cossette afirma ter 18 anos na época do artigo (que aparece no final do jogo). A data de nascimento exata é desconhecida.
  • De acordo com "Rose", o pai de Rosa se tornou o rei quando o narrador e a própria Rosa entraram no ensino médio, que começa por volta dos 11 anos.

Referências[]

  1. "Rose". Aces At War: A History 2019, páginas 128—133.
  2. "Refugees flock to Space Elevator", WAR IS OVER, GAZE
  3. Megumi Han on Twitter. Published September 23, 2018. Retrieved September 23, 2018.
  4. Rosa Cossette D'Elise, Acepedia. Acesso: <https://acecombat.fandom.com/wiki/Rosa_Cossette_D%27Elise> acessado em 09 de março de 2023.
Advertisement