Wiki Ace Combat

Assim como a Acepedia internacional está na wiki.gg, nós também estamos lá. Acesse a nossa Acepédia brasileira de lá pelo link: https://acecombat.wiki.gg/pt-br

E agora temos um canal no Rumble e no Youtube Acesse: Rumble: https://rumble.com/user/AcepediaBR Youtube: https://www.youtube.com/@AcepediaBrasil

LEIA MAIS

Wiki Ace Combat
Advertisement
Wiki Ace Combat

O Scinfaxi (シンファクシ Shinfakushi) foi o primeiro submarino nuclear da classe Scinfaxi desenvolvido pela União das Repúblicas da Yuktobânia durante a Guerra Fria. Junto com seu navio irmão, o Hrimfaxi, foi posteriormente destruído durante a Guerra do Círculo do Pacífico.

História[]

Desenvolvimento[]

Ver artigo principal: Submarino da classe Scinfaxi

Implantação

Após a inauguração do submarino no início de setembro de 1991, o Scinfaxi entrou em serviço na Marinha Yuktobaniana em 1995; no entanto, o registro de batalha do navio antes da Guerra do Círculo do Pacífico no final de 2010 permanece desconhecido.

Operação WhaleBird[]

Ver artigo principal: Operação Whalebird

Em 30 de setembro de 2010, o Scinfaxi desdobrou seu caça para realizar ataques aéreos contra a 3ª Frota Naval da Osea enquanto ela passava pelo Estreito de Eaglin. Os caças Yuktobanianos foram interceptados por escoltas OADF, levando o Scinfaxi a lançar uma salva de mísseis de rajada contra a frota. As detonações resultantes foram incrivelmente destrutivas: o Scinfaxi afundou com sucesso dois dos três porta-aviões da frota Oseana e praticamente eliminou todos os caças de escolta lançados pelos porta-aviões dos Oseanos. Em algum momento após a entrada na guerra, o Scinfaxi começou a se dirigir para o posto mais oriental de Osea, Sand Island.

Operação Vanguarda

Ver artigo principal: Operação Vanguard

Em 4 de outubro, a Yuktobânia tentou um ataque anfíbio e invasão da Base Aérea de Sand Island de Osea, a partir da qual iniciaria uma invasão do continente de Osea. O Scinfaxi liderou o ataque e começou a disparar barragens de mísseis contra os esquadrões de defesa de Osea. No entanto, os mísseis de rajada do Scinfaxi começaram a ser interceptados pelo canhão de laser recém-adquirido do Arkbird antes que pudessem detonar.

Para compensar, o Scinfaxi disparou vários mísseis de rajada em rápida sucessão para evitar que o Arkbird destruísse todas as ogivas. As explosões aniquilaram a maioria dos pilotos Oseanos, exceto o Esquadrão Wardog. Os lançamentos SLBM subaquáticos do Scinfaxi permitiram que os Oseanos usassem dados de sonobóias para isolar a localização do submarino. Posteriormente, foi alvejado e atingido pelo laser orbital do Arkbird, forçando o Scinfaxi a emergir. Ao emergir, o submersível se defendeu com aeronaves lançadas por porta-aviões e VTOL, armamento terra-ar e mísseis de explosão enquanto o Esquadrão Wardog tentava destruí-lo.

O Scinfaxi acabou perdendo suas armas defensivas e o Arkbird disparou seu laser mais uma vez no submarino, impedindo-o de lançar mais aeronaves. o Esquadrão Wardog então deu o golpe final e o afundou; logo depois, o reator nuclear do Scinfaxi tornou-se crítico, fazendo com que o navio se despedaçasse por dentro.

Desenho[]

Artigo Principal: Sumbmarino da Classe Scinfaxi

Curiosidades[]

  • Os nomes do Scinfaxi e de seu navio irmão, o Hrimfaxi, são retirados da mitologia nórdica: Skinfaxi e Hrímfaxi são os cavalos sobrenaturais de Dagr (deus do dia) e Nótt (deusa da noite), respectivamente.

Referências[]

  1. Scinfaxi, Acepedia.
Advertisement