Wiki Ace Combat

Assim como a Acepedia internacional está na wiki.gg, nós também estamos lá. Acesse a nossa Acepédia brasileira de lá pelo link: https://acecombat.wiki.gg/pt-br

E agora temos um canal no Rumble e no Youtube Acesse: Rumble: https://rumble.com/user/AcepediaBR Youtube: https://www.youtube.com/@AcepediaBrasil

LEIA MAIS

Wiki Ace Combat
Advertisement
Wiki Ace Combat
"And this path shall go on, as long as the blaze of fire that shines through the darkness is not extinguished."
― Harling

Vincent Harling foi o 48º Presidente da Federação de Osea e um forte defensor da paz e da cooperação internacional. Harling foi eleito para pelo menos dois mandatos consecutivos de quatro anos em 2004 e 2008.

Harling foi presidente durante a Guerra do Círculo-Pacífico em 2010. Ele e o primeiro-ministro da Yuktobania, Seryozha Nikanor, foram sequestrados no início do conflito. Posteriormente resgatados pelo Esquadrão Razgriz, anunciando juntos o fim da guerra. No pós-guerra, Harling propôs e financiou a construção do Elevador Espacial Internacional.

Em 2019, o piloto da OADF, Trigger, foi acusado de assassinar Harling durante uma missão de resgate para salvá-lo das forças erusianas no Elevador Espacial Internacional. Na realidade, ele foi morto por um desconhecido fingindo ser um Oseano IFF a mando da Erusea.

Biografia[]

Primeiro Governo[]

Nas eleições gerais de Oseaa em 2004, Harling recebeu uma maioria de 44.312.243 votos. Seu companheiro de chapa, Appelrouth, era mais nacionalista e contrabalançava o pacifismo de Harling.

Quando Harling assumiu o cargo, o mundo estava em crise. A comunidade internacional ainda estava se recuperando da queda do cometa Ulysses 1994XF04. Osea, que assumiu o controle de South Belka depois de 1995, estava preocupado em reconstruir e incorporar o território devastado pela guerra. As tensões existentes entre as nações do Continenta de Usea recentemente explodiram em uma guerra em grande escala. De acordo com seus princípios pacíficos, Harling manteve a Federação neutra e fora da Guerra Continental.

A economia da Osea continuou a florescer durante os primeiros quatro anos de Harling no cargo e sua administração manteve relações amistosas de Osea com a União das Repúblicas da Yuktobânia. Para grande desgosto de seus oponentes políticos, Harling cortou o orçamento de defesa da Federação para financiar a construção do Centro Espacial Basset, um esforço cooperativo de Osea e Yuktobania. Na esperança de solidificar as relações entre as duas superpotências, o centro espacial pretendia ser o primeiro passo para a realização de uma estação espacial internacional.

Cúpula do G7 de 2008 e Declaração Arkbird

Após seu primeiro mandato bem-sucedido, Harling foi reeleito para o cargo com uma maioria maior de 48.562.134 votos. Depois que um ataque terrorista resultou no cancelamento da Cúpula do G7 de 2007, Harling escolheu sediar a conferência de 2008 a bordo da espaçonave Arkbird da Osea (em suas palavras, um lugar "além das fronteiras [nacionais]").

Na reunião, foi decidido que o Arkbird seria usado para limpar a órbita da Terra dos remanescentes fragmentos de Ulysses que periodicamente impactavam a superfície. Além disso, Harling contribuiu para as iniciativas históricas de desarmamento nuclear que foram estabelecidas entre Osea e Yuktobânia, incluindo a pressão por um Tratado de Proibição Completa de Testes Nucleares e a renovação do Tratado de Redução de Armas Estratégicas. Vários oficiais de alto escalão da ODF, consequentemente, renunciaram em protesto às iniciativas de desarmamento de Harling.

Guerra do Círculo-Pacífico (2010)[]

Ver artigo principal: Guerra Círculo-Pacífico[]

No final de setembro, durante as invasões do espaço aéreo Oseano em 2010, relatórios que chegaram a Bright Hill da costa oeste descreveram combatentes hostis desconhecidos atacando e matando aviadores Oseanos. Por enquanto, Harling manteve a resposta militar de Osea. Então, em 27 de setembro, Yuktobânia declarou guerra à Federação de Osea e lançou um ataque aéreo simultâneo no porto de St. Hewlett.

Na esteira das perdas devastadoras no Estreito de Eaglin, Harling aprovou o lançamento de uma nave SSTO para reequipar o Arkbird com seu módulo de canhão a laser, que havia sido removido como parte do processo de desarmamento após a Declaração Arkbird. Após sua tentativa fracassada de invadir a Ilha Sand, Yuktobania cessou temporariamente as operações ofensivas. Embora os detalhes permaneçam incertos, acredita-se que por volta de 4 de outubro, Harling iniciou comunicações diplomáticas com o Primeiro Ministro Yuktobânian Seryozha Viktrovich Nikanor.

Ignorando a renúncia repentina da Yuktobânia a 15 anos de amizade, Harling conseguiu se encontrar discretamente com Nikanor no país neutro de North Point e iniciar negociações de paz. North Point estava suficientemente longe do conflito e considerado um local de encontro seguro para os dois estadistas.

Capturar

Transporte de Harling, Mother Goose One, sobre Akerson Hill em 22 de outubro de 2010

Ver artigo principal: incidente de Akerson Hill

Em 22 de outubro de 2010, Harling embarcou em um avião de transporte C-5, indicativo "Mother Goose One", e dirigiu-se para North Point. Devido ao sigilo da missão, um transporte presidencial oficial não pôde ser utilizado, e a aeronave não transmitiu um sinal IFF que pudesse identificar o presidente. Quando Mother Goose One passou sobre a região de Akerson Hill, no oeste de Osea, o sistema antiaéreo automatizado da Força de Defesa Costeira de Osea disparou contra o transporte de Harling e danificou-o.

Felizmente para Harling, o Esquadrão Wardog, que estava realizando uma patrulha aérea de rotina nas proximidades, e guiaram a "Mother Goose One" Um com segurança através das defesas SAM. De repente, caças yuktobanianos entraram no espaço aéreo e um espião da tripulação do transporte atirou no capitão e no copiloto. Harling, sob o pseudônimo de "Mr. Cargo", operava o rádio do transporte enquanto seu secretário assumia os controles.

Quando vários motores falharam, Mother Goose One foi forçada a realizar um pouso de emergência. Depois de pousar com sucesso nos campos de Akerson Hill, o 8492º Esquadrão apareceu para aliviar o Wardog e prestar assistência a Harling. Na realidade, o 8492º Esquadrão era um grupo de agentes Belkos em aliança com os Homens Cinzentos (Grey Men), que capturaram Harling logo depois e o aprisionaram no Castelo Stier no sul de Belka.[22]

Ausência do escritório

A ausência de Harling em Oured não foi imediatamente reconhecida, pois o vice-presidente, Appelrouth, assumiu discretamente a presidência e começou a promover o esforço de guerra da Osea. Dez dias após o sequestro de Harling, Osea lançou uma invasão do continente Yuktobânia, que resultou em perda considerável de vidas em ambas as nações.

Durante este tempo, Harling foi confinado em sua cela com vista para o Marco Zero de uma das detonações nucleares de Belka em 1995. No início de dezembro, espalhou-se a notícia de que Harling não era avistado na capital há várias semanas.

Resgate

Ver artigo principal: Operação Keynote

Em 9 de dezembro de 2010, quase um mês e meio após sua captura pelo 8492º Esquadrão, Harling foi resgatado do Castelo Stier por Sea Goblin e o antigo Esquadrão Wardog. Harling foi levado para o porta-aviões Oseano Kestrel, que estava estacionado na Ilha Kirwin.

O Fim da Guerra

No dia seguinte ao resgate de Harling, a navio de inteligência Andromeda recebeu uma transmissão codificada. Harling percebeu que a mensagem era para ele, pois as misteriosas sequências numéricas que a pontuavam eram o total de votos que ele havia conquistado nas eleições de 2004 e 2008. Harling também transformou o antigo Esquadrão Wardog em seu esquadrão de defesa pessoal, conhecido como Esquadrão de Comando Aéreo Razgriz.

Depois que Blaze recuperou evidências fotográficas das tentativas de Belka de remover ogivas nucleares de uma instalação de armazenamento no Monte Schirm, Harling ordenou a destruição do local. Na semana seguinte, Harling despachou o Razgriz para eliminar a ameaça das duas ogivas nucleares que haviam sido contrabandeadas para os agressores Belkas em Osea e Yuktobania. Em 19 de dezembro, Harling ordenou a destruição do Arkbird para evitar um ataque nuclear em Okchabursk, Yuktobania.

Depois que o Arkbird foi abatido, Harling transmitiu sua voz na tentativa de expor a verdade por trás da guerra. No entanto, os funcionários da Osea consideraram "propaganda inimiga" e censuraram as palavras de Harling. O presidente posteriormente deixou o Kestrel com a equipe Sea Goblin e retornou a Oured para retomar seu cargo.

Em 30 de dezembro, às 22h, Harling deu uma entrevista coletiva em Bright Hill com Nikanor, que (como Harling) havia sido libertado do cativeiro vários dias antes. Em seu discurso, Harling revelou o motivo de sua ausência e que a guerra havia sido fabricada por aqueles com má vontade em relação a Osea e Yuktobania. Harling também aludiu à existência de V2 e instou as forças Oseanas e Yuktobanianas a ajudar o Esquadrão Razgriz enquanto se infiltrava em Sudentor para destruir o centro de controle SOLG.

Pós-Guerra

Nos anos que se seguiram à guerra, Osea, sob a liderança de Harling, melhorou as relações com os países de Usea com o Elevador Espacial Internacional.

Na Reunião do Conselho Supremo da Federação Oseana de 2013, Harling anunciou que todas as informações relativas ao "Conflito Belka" seriam divulgadas ao público em 2020. Harling afirmou que só o tempo "lançaria luz sobre a verdade por trás do conflito", e expressou sua visão otimista do futuro, afirmando que o mundo "já começou a seguir um novo caminho".

A data da Reunião do Conselho da Federação Oseana em 2013 é desconhecida, portanto, não está claro se Harling foi reeleito antes da Reunião do Conselho.

Harling ainda era conhecido e admirado em 2019 por construir relações Osean com Usea.

Morte

Ver artigo principal: Operação Lighthouse Keeper

Em 15 de maio de 2019, Harling estava inspecionando o Elevador Espacial Internacional quando as forças de Erusea capturaram a instalação. Ele estava acompanhado por um oficial militar, o coronel Johnson, que conseguiu manter os dois a salvo de danos enquanto esperavam uma chance de escapar.

Após a chegada das forças aliadas, Harling entrou em um V-22 com Johnson, usando o indicativo Mother Goose One mais uma vez. Quando eles estavam saindo do espaço aéreo, Mother Goose One foi atingida por fogo inimigo e o Coronel Johnson foi morto. Por razões desconhecidas, a aeronave danificada voltou para o elevador espacial. Presume-se que Harling estava agora pilotando a aeronave. O AWACS Sky Keeper tentou repetidamente entrar em contato com Harling sem sucesso.

Continuando seu retorno ao elevador espacial, Mother Goose One foi cercado por UAVs. Um míssil de repente atingiu o V-22, fazendo-o explodir e matando Harling. Trigger foi acusado de disparar o míssil e foi considerado culpado de assassinar Harling.

Mais tarde foi revelado que os Radicais Eruseanos foram os verdadeiros culpados por trás de seu assassinato, tendo utilizado a tecnologia de Belka para utilizar designações IFF falsas e instalá-los em aeronaves Eruseanas disfarçadas de caças Osean, que foram responsáveis ​​por sua morte.

Galeria[]

  • Retrato de rádio
  • Harling como destaque no artigo GAZE de julho de 2020
  • Harling em 2010

Curiosidades[]

  • Atualmente, é um ponto de discórdia se Georg ou um UAV foi responsável pelo assassinato de Harling.
  • Durante o Resgate, imediatamente após o Esquadrão Gargoyle lançar seus mísseis no Elevador Espacial Internacional, outro F-14D Super Tomcat com a pintura do Esquadrão Gargoyle pode ser visto se aproximando do oeste do espaço aéreo. Este jato não parece pertencer ao Esquadrão Gargoyle, no entanto, já que todos os seus quatro membros estão posicionados ao redor do Elevador Espacial naquele momento. Este estranho F-14D seguirá o jogador em vez de se juntar ao resto da aeronave Gargoyle.
  • Georg é descrito em sua biografia japonesa como "envolvido no incidente Trigger". Da mesma forma, a biografia de Trigger diz que "na sequência de um determinado incidente, ele é enviado para uma unidade penal". Juntar a isso as duas sinopses implica que Georg foi o responsável pelo assassinato de Harling.
  • O dublador de Georg, Brandon Winckler, também dubla as falas "Mago 2 disparou isso!" e "Fogo amigo! Eu vi!" A voz de Winckler não pertence a nenhuma aeronave aliada na missão, nem a voz do AWACS Sky Keeper.
  • O diálogo de Édouard Labarthe em Last Hope parece implicar que um UAV foi o responsável, mas não diz explicitamente que esse foi o caso. Seu diálogo no roteiro original japonês separa explicitamente os eventos do assassinato de Harling e a criação de drones que se assemelham a aeronaves Oseanas, parecendo eliminar todas as evidências de um UAV sendo o culpado. No entanto, na cena após a morte de Harling, um misterioso F/A-18F Super Hornet passa pelo jogador, o enquadramento da cena parece implicar que esta aeronave foi responsável.
  • O que é incomum sobre este F/A-18F é que ele não possui as luzes vermelhas / azuis distintas emitidas por drones convertidos em todos os outros casos, deixando incerto se ele deve ser não tripulado ou não.

Notas de Rodapé[]

  1. Vincent Harling (ヴィンセント・ハーリング Vinsento Hāringu)

Referências[]

  1. Acepedia, Vicent Harling.
Advertisement